Home Informações importantes
Imprimir
Qua, 01 de Fevereiro de 2012 16:24

NOTA 1: Exceto para fins comerciais ou financeiros por qualquer pessoa ou ainda atividades profissionais, o conteúdo do site relacionado com atividades de estudo de alunos(as) pode ser utilizado pelos mesmos(as) para este objetivo. Ou seja, é liberado para alunas ou alunos estudarem gratuitamente.

Nilson

 

NOTA 2: Para ter êxito em provas de Física ou Matemática, alguns parâmetros são importantes levar em conta. Se as provas que você vai se submeter é para vestibulares das universidades, do Enem, de disciplinas de cursos superiores da área de exatas das universidades ou admissão em outras carreiras profissionais, observe as considerações feitas nos itens I e II desta nota.

I) A qualidade da Física ou Matemática que lhe é ensinado. Embora em toda Física haja muitos casos parecidos com os mencionados a seguir, veja estes exemplos que são tratados de forma controversa ou apenas meio-certos por parte de quem ensina; o que é recomendado e que deve ser evitado:

* Em Física uma coisa meio-certa é pior que a errada, pois algo certo pela metade esconde um grande erro!

Na parte de lançamentos como em qualquer movimento, em cinemática, o que define se a velocidade inicial, a velocidade em qualquer tempo e a aceleração, inclusive a da gravidade, são positivas ou negativas é unicamente a orientação do eixo. Cuidado com quem diz que estas grandezas são positivas ou negativsa se referindo a subida ou descida destes móveis! Sem estes cuidados, você pode fazer as contas certas e o resultado está errado.

 

Em termologia, a equação ΔU = (3/2)nRΔT foi deduzida para um gás ideal monoatômico. Se o gás não for monoatômico peça ao seu professor para deduzir a equação apropriada. O uso dela em situação não apropriada leva o(a) aluno(a) a errar a questão mesmo acertando as contas.


Em termos do estudo dos movimentos (mecânica) o alicerce sobre o qual todas as teorias do movimento estão construídas são: as aplicações das leis de Newton nos formatos linear (para nível médio) e angular, a conservação da energia (não apenas a energia mecânica) e a conservação da quantidade de movimento nos formatos linear (para nível médio) e angular. Fora desse alicerce o que existe é apenas consequência. Cuidado para você não está invertendo as posições no que se refere o acessório tomando o lugar do principal e seu esforço ficar em vão.

 

A forma avançada do trabalho de uma força que atua em um corpo na direção do eixo x é dada por dζ =F(x)dx. Se, por exemplo, F(x) = - kx que é a força elástica sobre uma mola; ao substituir esta força na equação acima e integrar o resultado de xi = 0 (mola não deformada) para xf = x (deformação final da mola) obtém-se ζ = ± (1/2) kx2 (equação encontrada nos livros de nível médio). Cuidado, se xi ≠ 0 a equação deduzida antes não é válida. Quando o caso  for este (xi ≠0) peça ao seu professor para deduzir a equação apropriada. Algum artifício também é possivel empregar para que a equação deduzida possa valer para este último caso (não recomendado).

 

É dido nos livros do nível médio e aceito por muitos professores que o período do movimento oscilatório de um corpo preso em um pêndulo não depende da massa desse corpo. Cuidado, esta informação só é verdade se a massa do pêndulo for disprezível e atuar nele apenas a força de gravidade. Há várias situações que esta informação não é verdadeira, como por exemplo:

a) se houver outras forças atuando, como a força elétrica por exemplo;

b) a massa do pêndulo (fio ou barra) não for disprezada;

c) e ainda inúmeras outras situações.

Peça ao seu professor para deduzir fórmula apropriadas para outros casos e você ficar seguro no que responde ou calcula.

 

Há gente aplicando certas equações que rege alguma lei física em tudo. Cada afirmação que se faz em Física, exceto em alguns postulados, deverá ser confirmado por uma equação deduzida para cada caso específico. Poucas equações em Física vale para situações gerais mesmo dentro daquele mesmo ramo da Física. Deveremos ver o campo de abrangência de cada lei física através das suas equações quando for o caso.

II) A qualidade da Física ou Matemática que você aprende. As vezes estuda-se muita coisa, mas entende-se de forma confusa, um tanto obscura.

Sem um entendimento claro daquilo que se estuda, em termos principalmente de Física, as resoluções de questões inéditas são muito improváveis e os resultados positivos esperados são duvidosos independente da quantidade de assunto estudada. Praticamente não há diferença em se saber pouco ou se saber o programa todo com nível de entendimento de baixa qualidade. Isto porque você está pondo sua confiança em algo entendido pela metade (se é que chega a metade!). As vezes pela falta de acréscimo de 1% de conhecimento sobre o assunto envolvido no problema o aluno(a) não faz a questão. O que aconteceria se em cada tópico estudado se entende apenas 50% ou menos?

Nilson


NOTA 3: Os artigos referentes a tópicos de ciências, como aurora boreal, estações,..., que estavam neste módulo foi colocado no módulo "outros" a baixo nesta mesma margem na categoria "fenômenos naturais".

Nilson