Home Física e as Suas Tecnologias Datação de fósseis
Datação de fósseis PDF Imprimir E-mail
Qua, 14 de Novembro de 2018 10:22

SOBRE PRÁTICAS DO USO DE RADIAÇÕES NA DATAÇÃO DE FÓSSEIS DE SERES VIVOS USANDO CARBONO 14

1) Mediu-se com um espectrômetro o número de radiações  encontradas em 30 gramas de um tecido fóssil e constatou-se  6850 emissões beta/g.h. Supondo que na amostra em tecido vivo haja 900 emissões beta/g.h e que o tempo de meia vida do carbono 14 é 5730 anos, a idade aproximada desse fóssil é:

a) 21.700 anos;

b) 11.460 anos;

c) 18.506 anos;

d) 200.000 anos

 

2) Em uma caverna foi encontrado um osso e quando foi medido a taxa de emissões radiativas de carbono 14 existentes nele, constatou-se havia apenas 6,25% da taxa existente em um animal vivo na atmosfera. Considerando o tempo de meia vida do carbono 14 igual a 5730 anos, o tempo que este animal desapareceu é de aproximadamente:

a) 4000 anos;

b) 11640 anos;

c) 22920 anos;

d) 35000 anos;

e) 50000 anos.

Última atualização em Qua, 14 de Novembro de 2018 12:22